Quando um famoso faz uma besteria, a melhor coisa a fazer é assumir e bola pra frente, pois quando tenta justificar com mentiras ou motivos fúteis a situação só tende a piorar e causar mais estrago ainda .

Foi isso que aconteceu com a triz Claudia Ohana na semana passada, que resolveu devolver dois cachorros que ela havia adotado de uma ONG em dezembro de 2019 .

O burburinho teve início depois que a ONG publicou um post no Instagram anunciando que os dois cachorros – Thor e Tigrão – estavam novamente à procura de uma família, após terem sido descartados por sua antiga tutora.

A publicação, a princípio, não citava nomes. Os seguidores da entidade, porém, descobriram que se tratava de Cláudia Ohana e cobraram explicações da artista.

Foi ai que a situação ficou feia para Claudia, pois ela chegou a gravar um vídeo no seu Instagram alegando que havia acertado com a ONG uma devolução temporária, até o fim da pandemia do novo coronavírus. Cláudia também disse que havia adotado os cães três dias antes da quarentena.

Fotos publicadas no próprio Instagram dela, no entanto, confirmam que a adoção se deu no fim de 2019.

No mesmo dia a ONG desmentiu tudo e postou um áudio de Claudia sobre os motivos da devolução :
“Eu não tenho condição de ficar com eles. Eu não tenho mais sala, eu não tenho mais nada. Eu boto um ovo em cima da pia, eles estão comendo tudo. Ou eu, ou eles.”

“Queria saber o que eu posso fazer. Você pode me ajudar nisso? Porque está muito complicado para mim. E os meus netos vão ter que vir para cá, a minha filha que está em São Paulo…”

“Está muito complicado. Realmente, são tempos muito difíceis. E eu, infelizmente, vou ter que devolvê-los. Eu sei que não deveria fazer isso, mas estamos em um momento muito complicado.”

Após esta divulgação da ONG, Claudia apagou o seu vídeo no Instagram e bloqueou comentários em suas postagens.

Desde então diversos artistas e ONGS criticaram a artista pela atitude de devolução dos animais e pelas inverdades.

A ONG então se pronunciou novamente para encerrar o caso:

” Nunca quisemos travar guerra com ninguém. Tigrão e Thor não serão devolvidos. A ex-adotante provou pelas inconstâncias e negligências que não tem condições de adotar um animal sequer.”

“E como não podemos prever um futuro onde não haja dificuldades, pois elas fazem parte da vida, seguiremos em busca de donos responsáveis, amorosos e dedicados que eles tanto merecem.

“Não doamos os animais para, ao menor sinal de dificuldade serem devolvidos como se o abrigo fosse uma colônia de férias, para o tutor buscar quando bem entender. Abrigo é local de passagem. E explicamos e colocamos no termo de adoção que se for constatado que o adotante não têm condições de ficar com o animal, que temos sim o direito de pega-los de volta, pois o bem-estar deles vem em primeiro lugar.”

“Claudia Ohana nunca se preocupou em saber deles, nunca foi visitá-los ou mandou um saco de ração para os filhos que dizia tanto amar. Ela sumiu. E vem cobrar da gente algo? Querer agora os 2 de volta para amenizar a situação? Acabou a confiança! O que você, pensaria de alguém que agiu assim?”

“Seja famoso ou não, para nós o adotante bom é o que ama incondicionalmente e não o que ao menor sinal de problema os descarta. As inconstâncias dela durante todo o período de adoção nos deixaram bem inseguras. A cada hora dizia uma coisa, mas não fazia o principal: dar a vida que todo filhote precisa, com educação e limites para eles, cuidados veterinários etc. Contra fatos, não há argumentos.”

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.