O triatlo Ironman é um dos eventos esportivos mais exigentes da história da humanidade, e neste fim de semana passado a história foi feita. O atleta Chris Nikic, aos 21 anos, entrou no Livro de Recordes Mundiais do Guinness ao se tornar a primeira pessoa com Síndrome de Down a concluir o evento.

Nikic completou a corrida em 16 horas, 46 minutos e 9 segundos. Isso pode parecer muito tempo no papel, mas considere o quão extenuante é o Ironman.

A corrida começa com uma prova de natação de 4km no oceano, o que parece ruim por si só. Em seguida, os concorrentes pegaram a estrada para uma corrida de bicicleta de 180 quilômetros. Finalmente, como o Ironman não é uma tortura suficiente, os competidores completam uma maratona completa de 42 km.

É considerado o auge dos desafios esportivos e leva o corpo humano ao seu limite físico, e Nikic o conquistou.

Mamãe ou papai de primeira viagem ? Está com dúvidas ? Calma, nossa equipe de 11 médicos especialistas vai te ajudar. Clique e confira o que temos a lhe oferecer.

Além das deficiências locomotivas, que são de certa forma, comuns para pessoas que têm a Síndrome, o jovem ficou até os 4 anos sem andar, além de ter passado por várias cirurgias ao longo da vida.

Chris, por conta de sua baixa massa muscular, o que acaba afetando o seu equilíbrio, fez a prova junto a um guia, que o acompanhou durante todo o percurso.

O feito foi tão celebrado, que até a Organização do evento se manifesto publicamente sobre a conquista de Chris: “Parabéns, Chris, por se tornar a primeira pessoa com Síndrome de Down a completar um IRONMAN. Você provou, sem sombra de dúvidas, que tudo é possível” postaram os organizadores nas redes sociais.

O atleta é palestrante motivacional, celebrou a conquista, mas já pensa no próximo desafio. “Objetivo definido e alcançado. Agora é a hora de definir outro grande para 2021. Seja o que for, a estratégia é a mesma. 1% melhor a cada dia. Sim, eu fiz a lição de casa, mas tinha anjos me ajudando”, disse Nikic em uma publicação.

Agora, ele esta se preparando para seu próximo desafio: os Jogos Olímpicos Especiais dos EUA de 2022.

AHA7NGC5H7XHB4735PCBFZD6AQ scaled - Histórico! Atleta é o primeiro com Síndrome de Down a completar o Ironman, a prova esportiva mais difícil do mundo

Nikic treina seis dias por semana, sempre começando com abdominais. “Este esforço proporcionou a ele um mundo inteiro de inclusão”, disse seu pai.

Por sua vez, seu treinador, Dan Grieb, um veterano corredor de triatlo, diz que trabalhar com o atleta abriu seus olhos para um novo mundo. “As melhores 16 horas, 46 minutos e 9 segundos da minha vida!”, postou no Instagram.

Mas, fora dos desafios esportivos pessoais, ele tem um objetivo muito maior do que completar uma corrida.

“Tudo sobre consciência e inclusão”, escreveu ele. “Conscientização para Síndrome de Down e Olimpíadas Especiais. Inclusão para todos nós com todos vocês. ”

O jovem de 21 anos não está descansando sobre os louros. Nikic está usando a nova fama para direcionar as pessoas a seu site pessoal , onde podem comprar mercadorias, com 100 por cento dos lucros indo para várias instituições de caridade que apoiam as Olimpíadas Especiais e pessoas com Síndrome de Down.

Houve tanta negatividade nos esportes este ano que quero agradecer a Chris Nikic, por nos dar algo realmente maravilhoso para comemorar. Parabéns também por uma conquista que ecoará na história.


Top 5 histórias mais lidas do site:
*Pai descobre que sua filha fazia bullying e decide fazer compras com a vitima usando o dinheiro destinado à filha.
*“Meu marido não viu nossa filha nascer, porque levou minha sogra para sala de parto”, diz mãe
*Henrique Fogaça vibra com filha, que conseguiu ficar de pé e se trata com canabidiol
*Com a mãe doente os irmãos colocaram ela no asilo, ele pediu demissão e resolveu cuidar dela sozinho.
*Com 51 anos de casamento Tony Ramos afirma “Ela é tudo” e dá dicas para a vida à dois.

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.