Essa campanha foi criada pelo Conselho Ad (Acceptance and Diversity = Aceitação a Diversidade) em parceria com a R/GA e foi lançada em 2015 com o título “Love Has No Labels” (O amor não tem rótulos) que trabalha para celebrar a inclusão social e o incentivo das pessoas a examinar seus preconceitos implícitos.

5 anos depois ainda continua mais atual do que nunca.

Para promovê-la, a organização instalou um telão em uma rua de Santa Monica, na Califórnia, no dia de São Valentim, data do Dia dos Namorados nos EUA. Na projeção, esqueletos se beijam, dançam e se abraçam. Quando as pessoas saem de trás do telão, a revelação emociona e surpreende todos os presentes.

Primeiro um casal de duas mulheres; depois um homem e uma mulher de raças diferentes; duas irmãs, uma delas portadora de deficiência ou dois amigos de religiões diferentes. Tudo para mostrar a capacidade que o ser humano tem de amar e eliminar os julgamentos baseados no que se vê – seja raça, idade, gênero, religião, sexualidade ou incapacidades.


Vale a pena assistir e refletir sobre o assunto, pois demonstra de forma simples e clara, como os preconceitos podem estar dentro de nós, sem notarmos isso.

Enquanto a grande maioria dos brasileiros se considera sem preconceitos, muitos de nós, sem querer, fazem julgamentos rápidos sobre as pessoas com base no que vemos – seja raça, idade, sexo, religião, sexualidade ou deficiência. Desta forma a campanha “O amor não tem rótulos” nos desafia a abrir os olhos para o nosso preconceito e trabalhar para detê-lo em nós mesmos, em nossos amigos, em nossas famílias e em nossos colegas.

Assista, reflita e compartilhe para que mais pessoas também possam fazer essa reflexão.

Fonte: O Tempo

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.