Casais que tem filhos gêmeos normalmente tratam ambos como se fossem um só, vestem a mesma roupa, brincam das mesmas coisas e por ai vai. Para muitos isso é o normal a se fazer, mas será que é o certo ? Ou, será que não pode ser feito de outra forma ?

Um pai de gêmeos postou na sua conta do Instagram ,a ideia de separar os irmãos uma vez por semana, para cada um ter um tempo único e exclusivo com os pais e em minutos recebeu várias criticas sobre este procedimento.

“Você não está fazendo o melhor por seus gêmeos separando-os”, foi um dos comentários.

O pai então resolveu desabafar e compartilhar a experiência com outros pais no site Kidspot.

“Decidimos separar nossos gêmeos menino-menina alguns meses antes do nascimento real. Passamos muito tempo entrevistando gêmeos adultos durante a gravidez, e uma das frustrações mais comuns que ouvimos foi que os gêmeos são frequentemente agrupados, ou seja, tratam ambos da mesma forma” , escreveu o pai .

Passaram-se dois anos após o parto e eles um belo dia perceberam que em nenhuma ocasião até o momento, tinham colocado este plano em prática.

“Nossos adoráveis gêmeos nunca literalmente passaram um tempo separados”, relatou.

“E talvez, apenas talvez, se eles não estivessem mostrando sinais de precisar de um descanso um do outro, nunca teríamos pensado em dar-lhes esse tempo sozinhos. Mas eles estavam mostrando sinais de precisar de um descanso.

Minha filha estava batendo cada vez mais. Meu filho estava roubando brinquedos. Ambos estavam competindo pelo “tempo dos pais” fazendo birras. E eles discordavam de quase tudo, desde jantar a filmes e música ” , disse o pai.

Com essa situação acontecendo com frequência, eles decidiram colocar finalmente o plano em prática e separá-los uma vez por semana. O pai começou levando sua filha para passear no shopping e comprar pijamas. “Nós brincamos e até fomos a uma aula de balé. Eu amei cada segundo que passamos juntos. Comecei a perceber muitas coisas sobre ela que havia perdido, enquanto cuidava de dois bebês o dia inteiro. Naquele momento, minha atenção era 100% dela “, relatou.

Três meses depois da primeira separação, os pais continuam dando um tempo semanal para os seus gêmeos, onde cada pai fica exclusivamente com um deles.

“Criar dois, três ou quatro filhos é muito difícil. A experiência obriga a ignorar as necessidades de uma criança por outra. E enquanto paciência e compartilhamento são habilidades surpreendentes que as crianças com irmãos são abençoadas por aprender mais cedo do que as crianças sem irmãos, é igualmente importante descobrir quem você é fora do seu relacionamento com seus irmãos. Especialmente se você é gêmeo” , concluiu o pai.

Fonte: Kidspot

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.