A toxoplasmose é uma infecção causada por um parasita. Ela não é uma infecção grave para você, mas pode ser grave para o bebê dentro da barriga.

A ingestão de carnes cruas ou malpassadas, o consumo de frutas e hortaliças mal lavados e o consumo de água contaminada são a fonte mais comum de infecção por toxoplasmose (99%). Causada pelo parasita Toxoplasma gondii. É uma das doenças parasitárias mais comuns e pode infectar quase todos animais de sangue quente, incluindo animais de estimação e seres humanos. Costuma passar despercebida em pessoas sadias, mas pode causar complicações sérias em pacientes imunossuprimidos e em mulheres grávidas

O risco na gravidez ocorre para aquelas mulheres que nunca tiveram contato com o parasita, possuindo sorologia negativa para toxoplasmose. Estas são as gestantes em risco, pois a toxoplasmose congênita ocorre quando a mulher tem o primeiro contato com o Toxoplasma durante a gravidez. Se ela já tiver entrado em contato com o parasita no passado, esse risco é praticamente inexistente, pois o seu corpo desenvolve anticorpos.

É bem pouco provável que você seja exposto ao parasita encostando em um gato infectado, porque eles não carregam o parasita no pelo, e mordidas e arranhões também não oferecem perigo. Gatos criados em ambientes fechados, que não caçam e não consomem carne crua dificilmente serão infectados pelo Toxoplasma gondii, e como os gatos só expelem o Toxoplasma por um período curto de tempo, a chance de contaminação do ser humano através de gatos com quem convivem é relativamente pequena. Os oócitos encontrados nas fezes do gato, levam no mínimo 24 horas para produzirem os esporos que precisam para se tornarem contagiosos, por isso a remoção freqüente das fezes da caixinha de areia, usando luvas e lavando as mãos depois, reduz a praticamente zero a possibilidade de infecção. Controlar a dieta do seu animalzinho, utilizando apenas ração e alimentos cozidos, evitando o contato dele com a rua é a forma mais eficiente de prevenir a contaminação.

É muito mais comum que as pessoas sejam contaminadas comendo carne crua ou mal-passada, sushi, ou frutas e vegetais não lavados do que pelo contato com as fezes de gato. A possibilidade de infecção após mexer em terra contaminada existe, por isso use luvas e lave bem as mãos caso você realize algum trabalho no jardim. Os felinos — como o gato doméstico — são os únicos animais que transmitem a toxoplasmose pelas fezes, e o risco aumenta se o gato morar na rua ou sair para a rua para caçar. Mas com os devidos cuidados, não há problema algum em a mulher grávida ter contato com um gato de estimação. Lembre SEMPRE de lavar bem as mãos depois de manuseá-lo, e se possível, deixe a tarefa de limpar a caixinha de areia para outra pessoa da casa e limpe todos os dias, assim os oócitos não tem tempo para produzir os esporos.

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.