A infância é um momento da vida onde temos plena consciência que tudo pode ser feito, nada é ilusão, nossa imaginação simplesmente age e faz acontecer.

Com esse pensamento em mente, 3 crianças apaixonadas por super-heróis e que haviam assistido recentemente o filme do Homem-Aranha, não pensaram duas vezes quando encontraram uma aranha venenosa em seu caminho.

Assim como o protagonista Peter Parker, que ganhou superpoderes depois de ser picado por uma aranha minúscula, as crianças achavam que poderiam ter o mesmo destino e acabarem se tornando super-heróis se fossem picadas por uma aranha.

A história não foi divulgada à mídia até que foi contada pelo chefe de Epidemiologia do Ministério da Saúde da Bolívia, Virgilio Pietro, em coletiva à imprensa na noite passada no final do relatório diário sobre o coronavírus SARS-CoV-2 no país.

Segundo ele, essas três crianças haviam assistido ao filme do Homem-Aranha e depois levaram as ovelhas para pastarem, enquanto seus pais recolhiam lenha para cozinhar. Em sua caminhada, os meninos de 12, 10 e 8 anos de idade encontraram uma aranha e se deixaram ser picados por ela para ter os poderes do super-herói fictício.

Para infelicidade dos 3, se tratava de uma aranha viúva-negra, que é venenosa.

Os sintomas apareceram dez minutos depois que cada criança foi picada e estavam piorando. ” A mãe ao vê-los chorar , descobriu o caso e os levou ao centro de saúde, onde foram medicados e, sem melhorias, foram encaminhados ao hospital de Chayanta”, afirmou Prieto.

Como os pequenos ainda não estavam melhorando, foram transferidos para um segundo hospital e depois foram levados ao Hospital Infantil de La Paz.

Os três chegaram ao hospital de La Paz com muitas dores musculares, excesso de suor, febre e tremores. O trio acabou sendo medicado com um soro e, finalmente, a saúde de cada um começou a melhorar. Os médicos que trataram os três lembraram que as viúvas negras não são violentas e só atacam quando importunadas.

Os três irmãos não obtiveram as superpotências desejadas, mas felizmente salvaram suas vidas.

“Partilho isso porque é um ensinamento para os pais tomarem cuidado .  Para as crianças tudo é real. Os filmes podem ser reais, os sonhos são reais e são a ilusão da nossa vida”, concluiu o especialista na entrevista coletiva.

Fonte: El Deber

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.