Italiano vive na Ucrânia e cuida de abrigo com 400 animais, entre cães, gatos, ovelhas, cabras, porcos e cavalos. Ele se nega a deixar os animais para trás, apesar do cenário de guerra.

Andrea Cisternino, um ex-fotógrafo italiano, foi chamado de herói nas redes sociais ao se recusar a deixar sua casa em Kiev, na Ucrânia, para não abandonar cerca de 400 animais que ele mantém em um abrigo, mesmo com a invasão russa ao país.

Sem titulo 11 - Ucrânia: homem que cuida de 400 animais se recusa a abandoná-los

 

Nascido em Roma, Andrea chegou a afirmar em uma publicação no Facebook que “prefere morrer” a deixar os animais para trás, entre os quais estão cães, gatos, ovelhas, cabras, porcos e cavalos.

Ele vem compartilhando atualizações sobre sua situação para 66 mil seguidores. No dia 24 de fevereiro, dia em que Vladimir Putin iniciou sua invasão ao país, Andrea declarou: “Vou morrer aqui pelos meus animais… Tenho que pensar em salvar um refúgio e são 400 convidados que merecem ser protegidos a qualquer custo”.

Mesmo com helicópteros militares russos voando sobre o abrigo, Andrea continuou atualizando seus seguidores sobre ele e seus animais abrigados.

ssd2323 - Ucrânia: homem que cuida de 400 animais se recusa a abandoná-los

Ainda na primeira noite da invasão, ele comentou: “Aqui há toque de recolher, tudo está fechado, o abrigo está no escuro, casas com poucas luzes, mais explosões há pouco tempo, vamos esperar por uma noite tranquila”.

A última postagem de Andrea, até o momento, foi na sexta-feira (25/03), quando agradeceu aos seguidores pelo apoio e postou as seguintes informações:
“Os animais estão bem, naturalmente com comida racionada, já não têm medo de barulhos altos e, graças a Deus, não têm noção de tudo ao seu redor. Estou claramente cansado, estressado, mas não desistindo e segurando!!

A página do Facebook de Andrea é essa -> https://www.facebook.com/andrea.cisternino.37

Fonte : Observatório do Terceiro Setor


 

RECOMENDAMOS






Informação de qualidade para Pais de qualidade.