Na maioria das vezes, ao saber que está grávida, a mulher já começa a tomar decisões: qual será o nome se for menino? E se for menina? O bercinho vai ficar no quarto do casal, ou no quarto do bebê? Quem serão os padrinhos?

Entre tantas perguntas, há ainda a questão do parto: será normal ou cesárea? Essa é uma reflexão importante porque toda mulher tem essa liberdade de escolha. Mas hoje essa tomada de decisão implica em questões bastante complexas que envolvem nosso sistema de saúde nacional, os profissionais de saúde, você e seu bebê.

O mais importante nesta decisão é a saúde da mãe e do bebê.

Então, aqui listamos muitos motivos para se escolher o parto normal (e natural):

* Cesárea também é dolorida! Ou você acha que pode fazer uma cirurgia e acordar no outro dia, dançando e embalando seu bebê, como se nada tivesse acontecido?

* É seu bebê que escolhe a hora de nascer, sabia? Quando os pulmões do seu filho ou filha estão prontinhos, é dada a largada para o trabalho de parto. A cesárea com data agendada não respeita esse sinal hormonal que mamãe e bebê estabelecem juntos.

* Quando passa pelo canal vaginal, o bebê tem todo o seu corpo envolvido num abraço completo. Ficar todo apertadinho ajuda a eliminar os líquidos dos pulmões do bebê, o que reduz a possibilidade de internação por problemas respiratórios durante a infância.

* A mulher que passa pelo parto normal também tem mais facilidade de amamentar, porque no trabalho de parto o corpo produz hormônios que estimulam a descida do leite.

* Os hormônios que são produzidos no trabalho de parto também estimulam o útero a voltar ao seu tamanho normal e o seu corpo a voltar à forma.

* A cesárea tem muito mais chances de ter complicações, ser dolorida ou incômoda no pós-parto – que é justo a hora em que você terá que dar atenção, carinho e peito para o seu bebê.

Existem muitos outros motivos para escolher o parto normal. Assim como existem alguns casos em que somente a cesárea pode salvar a vida do bebê e da mamãe.

O importante é que a mulher busque conhecimento e consciência para tomar a decisão correta.

O parto normal deve ser buscado com muita força de vontade. Em muitos lugares e para a maioria dos médicos, se você não se planejar e buscar seu parto ativamente, há grandes chances de ser vítima de uma cesárea desnecessária. Ou ainda, de um parto mal conduzido, desrespeitoso e frustrante.

Se você não fizer essa escolha de forma séria e baseada em informações, corre o risco de deixar que os outros decidam. Lembre-se não é o seu médico, sua mãe, seu emprego, e nem ninguém quem deve escolher como seu bebê vem ao mundo: essa decisão é sua, o corpo é seu!

Fonte : Parto do Princípio

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.