‘Ou colocava todos na escola ou não colocava nenhum’, diz a mãe.

O nome dessa mãe batalhadora é Marlene da Costa Maciel, uma ex-seringueira do interior do Acre, viúva, que tem 59 anos.

Com o objetivo de permitir que os filhos pudessem estudar e ter melhores oportunidades, o casal abandonou a vida no Seringal Extrema, no Rio Moa, interior do Acre e se mudaram para uma propriedade rural no Ramal Macaxeiral, na zona rural do município de Cruzeiro do Sul.

Todo o esforço do casal valeu à pena, dos 14 filhos vivos – nove homens e cinco mulheres – onze se formaram na faculdade e outros dois estão concluindo os cursos e um ainda não ingressou no ensino superior. O marido infelizmente morreu em 2015 e não pôde ver o êxito da família.

As áreas de formação que os “meninos e meninas” de dona Marlene escolheram são diversas.Tem assistência social, letras, educação física, enfermagem, ciências contábeis, biologia, engenharia florestal, pedagogia e até medicina.

Mamãe ou papai de primeira viagem ? Está com dúvidas ? Calma, nossa equipe de 11 médicos especialistas vai te ajudar. Clique e confira o que temos a lhe oferecer.

Ela conta que o caminho para chegar lá, contudo, foi cheio de dificuldades.

“Meu marido dizia que ou colocava todos na escola ou não colocava nenhum. Plantamos muita roça para fazer farinha. Quem estudava de manhã trabalhava à tarde e quem estudava à tarde trabalhava pela manhã. Quem estudava à tarde saía de casa às 10h30 e só chegava às 20h”, lembra a mulher, hoje aposentada.

“Hoje a gente vê com risos, mas na época era muito sofrido. Imagino quanto minha mãe sofreu. Como não havia vestimenta para todos, quem estudava à tarde esperava os irmãos chegarem da escola para pegar a roupa e o calçado. Muitas vezes nossa mãe fazia farofa com um ovo para sete comerem. A gente nem via o amarelo da gema do ovo”, lembra o escrivão da Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, Geovane Maciel, de 33 anos.

“Temos muito orgulho de nossa mãe. Todos têm faculdade e a maioria tem bons empregos. Isso foi graças a Deus, nosso esforço, e, principalmente, o zelo de nossa mãe que sempre nos estimulou a buscar na escola nosso futuro. Nossa mãe é uma guerreira e vamos sempre estar ao lado dela”, finaliza o filho mais velho.

Fonte adaptada : G1
Foto: Adelcimar Carvalho/G1


Top 5 histórias mais lidas do site:
*Pai descobre que sua filha fazia bullying e decide fazer compras com a vitima usando o dinheiro destinado à filha.
*“Meu marido não viu nossa filha nascer, porque levou minha sogra para sala de parto”, diz mãe
*Pai desmaia em parto, mãe cai na gargalhada pede para tirar foto e cena viraliza na internet
*Henrique Fogaça vibra com filha, que conseguiu ficar de pé e se trata com canabidiol
*Pai dá umas palmadas fortes na filha e ela conta tudo na escola: ele foi acusado e preso por lesão intencional

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.