Ela tinha 19 anos e uma vida muito ativa, mas um acidente de moto mudou tudo, confira essa história de superação e amor pela vida.

Publicada originalmente no site lovewhatmatters.

“Minha vida antes do acidente sempre foi muito ativa. Eu era uma jogadora competitiva de vôlei e tênis. Também estava pensando em me tornar professora de tênis. Minha vida mudou num piscar de olhos naquele 6 de outubro de 2011. Não vou esconder de vocês que passei por momentos muito difíceis.

Sinceramente, tive que começar do início e não tinha ideia de como fazer. Mas eu sabia que nunca desistiria. Queria voltar a fazer as coisas que fazia antes, ser independente, ser livre novamente. Eu só tive que aprender como.

Não foi nada fácil. Tentei reagir a esse novo normal o melhor que pude, mas às vezes você só consegue, bem, reagir. Mas com o tempo, voltei a ficar de pé … quase. Desde aquele dia, não voltei a andar e tive que aprender a usar uma cadeira de rodas.

Mamãe ou papai de primeira viagem ? Está com dúvidas ? Calma, nossa equipe de 11 médicos especialistas vai te ajudar. Clique e confira o que temos a lhe oferecer.

Temos uma relação estranha, ‘ela’ e eu, uma espécie de amor e ódio! Eu a odeio um pouco por tudo o que ela representa, mas também a amo porque sei que sem ela eu não seria capaz de fazer muito. Vivemos muitas experiências juntas. É estranho explicar.

Durante minha reabilitação, conheci um jovem fisioterapeuta, Andrea, que estava fazendo estágio. Um dia, ao terminar o estágio, perguntou-me: ‘Por que não vamos para a Austrália assim que eu terminar a faculdade e você tiver alta do hospital?’. Não levei muito a sério o pedido, mas disse ‘sim’ de qualquer maneira.

Honestamente, eu estava com muito medo de me amarrar a alguém novamente e eu estava com medo de que ninguém pudesse me amar assim … dividida pela metade. Mas, ao que parece, ele sempre permaneceu ao meu lado, nos primeiros meses como amigo, até que aos poucos comecei a me convencer de que talvez ele ficasse.

E assim aconteceu! Nossa viagem à Austrália foi apenas a primeira de muitas outras.

spinalinjury wheelchair lovestory fea26 1 900x1125 1 - Presa a uma cadeira de rodas, sua determinação e o amor do marido a lembram: ' tudo é possível '

Hoje somos marido e mulher, dois inseparáveis ​​companheiros de viagem, cada um precisa do outro. Somos empreendedores e teimosos, almejamos objetivos e sempre os alcançamos.

Juntos, visitamos mais de 23 países e 80 cidades. Conseguimos chegar a Machu Picchu, a Grande Muralha, Japão, Índia, Bolívia, China, Canadá e Sigiriya, uma enorme pedra sagrada no Sri Lanka com 1000 degraus! 1000 degraus que andamos juntos … Bem, ele fez a caminhada, e eu agarrei-me nas costas o tempo todo.

Meu marido literalmente me carregou a lugares que eu não poderia acessar de outra forma.

spinalinjury wheelchair lovestory fea6 1 900x742 1 - Presa a uma cadeira de rodas, sua determinação e o amor do marido a lembram: ' tudo é possível '

Por estar em uma cadeira de rodas, aprendi muito bem o que é impossível. É impossível para mim andar de um dia para o outro. É impossível voltar no tempo. É impossível voltar para aquela garota impensada de 19 anos.

Mas, ao mesmo tempo, também percebi que tudo o mais é possível. É possível subir 1000 degraus nas costas do meu marido. É possível organizar uma viagem a 4.000 metros, e é possível viajar pela Europa de trem com uma mochila e nada mais (exceto minha cadeira de rodas). Você só precisa querer e nunca desistir.

Muitos encontram força no esporte, eu não. Descobri isso em meu amor por meu marido e em meu amor por viagens.

Pessoalmente, não tenho um conselho válido para que todos superem suas dificuldades. Mas posso lhe dizer uma coisa: procure o que o torna vivo, feliz e livre. Pode realmente ser qualquer coisa. Mire em seu objetivo e faça de tudo para que isso aconteça. Não deixe ninguém dizer que é impossível.

Afaste-se do que os outros dizem. As pessoas julgam e tendem a se conformar, a fazer as coisas sempre da mesma maneira. Decidi que eu mesma desafiaria as regras e que era mais importante chegar onde queria estar do que como.

spinalinjury wheelchair lovestory fea7 1 900x803 1 - Presa a uma cadeira de rodas, sua determinação e o amor do marido a lembram: ' tudo é possível '

Não se preocupe se tiver que encostar a cabeça nas paredes para evitar cair no chão. O objetivo continua sendo não cair. Persiga seus objetivos e seja diferente. Lembre-se de que você é a exceção e não a regra. Eu escolhi ser a exceção.

Você pode perder quase tudo, você pode perder suas pernas e talvez até sua cadeira de rodas, mas ninguém pode tirar sua determinação e vontade de vencer.

Esta só pode ser sua escolha. Escolha bem, você decide. ”

Fonte :Lovewhatmatters


Top 5 histórias mais lidas do site:
*Pai descobre que sua filha fazia bullying e decide fazer compras com a vitima usando o dinheiro destinado à filha.
*“Meu marido não viu nossa filha nascer, porque levou minha sogra para sala de parto”, diz mãe
*Henrique Fogaça vibra com filha, que conseguiu ficar de pé e se trata com canabidiol
*Com a mãe doente os irmãos colocaram ela no asilo, ele pediu demissão e resolveu cuidar dela sozinho.
*Com 51 anos de casamento Tony Ramos afirma “Ela é tudo” e dá dicas para a vida à dois.

COMENTÁRIOS




Pais 24hs
Informação de qualidade para Pais de qualidade.